Título Original: Babettes gæstebud
Diretor: Gabriel Axel
Gênero: Drama
Nacionalidade:  Dinamarca
Ano de lançamento: 1987
Atores principais: Stéphane Audran, Harsant
Asta Esper Andersen, Birgitte Federspiel, Bodil Kjer
Avaliação:  


Sinopse: “Na desolada costa da Dinamarca vivem Martina e Philippa, as belas filhas de um devoto pastor protestante que prega a salvação através da renúncia. As irmãs sacrificam suas paixões da juventude em nome da fé e das obrigações, e mesmo muitos anos depois da morte do pai, elas mantém vivos seus ensinamentos entre os habitantes da cidade. Mas com a chegada de Babette, uma misteriosa refugiada da guerra civil na França, a vida para as irmãs e seu pequeno povoado começa a mudar. Logo Babette as convence a tentar algo realmente ousado - um banquete francês! Sua festa, é claro, escandaliza os mais velhos do lugar. Quem é esta surpreendentemente talentosa Babette, que tem apavorado os moradores desta devota cidade com a perspectiva deles perderem suas almas por deleitarem-se com prazeres terrenos? ”

O filme conta a história de duas irmãs que, que quando jovens, viviam com o pai que era um rigoroso pastor luterano, de um pequeno vilarejo. As irmãs eram belas e os rapazes ficavam muito interessados nelas.
 Em uma noite, bate à sua porta uma parisiense pedindo refúgio: Babette foge da repressão à Comuna de Paris e se oferece para ser a cozinheira e faxineira da família, ela fica trabalhando para as irmãs sem pedir nada em troca além de abrigo.
Babette fica trabalhando para as irmãs por quatorze anos, e um dia quando ela ainda estava trabalhando na casa, recebe a notícia de que ganhara uma fortuna numa loteria em Paris. Em vez de voltar à terra natal, resolve ficar e gastar o dinheiro em um autêntico jantar francês que oferece à comunidade, aproveitando para comemorar o centésimo aniversário do pastor.
Seu jantar foi motivo de preconceito por parte das irmãs e da comunidade pois ninguém conhecia o tipo de ingredientes que ela queria preparar, e ficaram receosos quanto á comida que iriam provar. Porém seu banquete impressionou os convidados, e principalmente um tenente que estava de visita ao vilarejo ficou impressionado com o jantar, Babette foi muito elogiada por todos.
Mesmo que o filme dê um pouco de sono no ínicio, vale a pena continuar vendo. Achei o filme instigante e reflexivo... A fotografia um pouco escura contribuiu para enaltecer a narrativa como um todo... Prazer, pecado, graça, desapego são temas muito bem trabalhado. Um filme clássico, para se assistir mais de uma vez. São vários os ensinamentos, recomendo!

Deixe um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...