Título : Nós Três 
Autora: Lygia Bojunga
Editora: Casa Lygia Bojunga
Ano: 2005
Páginas: 145



Sinopse: “Nós três mostra uma praia deserta do litoral brasileiro, onde, uma menina em férias, um homem de vida errante e uma mulher que optou pela solidão, se vêem subitamente envolvidos no redemoinho de uma paixão trágica.

Nós três, romance infanto-juvenil escrito por Lygia Bojunga, em 1987, aborda, em sua narrativa, sobre o tema da morte. O romance, dividido em três capítulos e um epílogo, narra a história de Rafaela, uma menina que viaja de férias para a casa de uma amiga de sua mãe, a artista Mariana. Um dia, ao passear pela praia sozinha Rafaela conhece Davi, um marinheiro que estava de passagem por aquelas bandas, com quem fica amiga e o leva para a casa de Mariana. Mariana e Davi se apaixonam e iniciam um relacionamento, no qual prevalece o sentimento de posse de Mariana em relação à Davi. Por ter um espirito de aventureiro, sempre presando pela liberdade, Davi resolve abandonar Mariana, mesmo sentindo falta de sua amiga Rafaela. Mariana ao saber que Davi pretendia abandoná-la, acaba assassinando seu amado em um momento de fúria. Rafaela presencia o momento em que Mariana se encontra diante do corpo ensanguentado de Davi.
Lygia Bojunga neste romance, trata da morte de uma maneira forte e dura, sem tirar a poeticidade da obra. A própria autora diz ao final do livro que sua intenção neste romance, é tratar da morte sem que haja espaço para a esperança ou o consolo. É por esta razão, que Nós Três, juntamente com outra obra de sua autoria,  O Abraço (1995), é chamado de “par sombrio”.
Ao terminar a leitura deste romance, fiquei com um desconforto muito grande. É impactante a forma como a escrita da autora é envolvente, é como se você fosse a Rafaela, e passa por todas as dúvidas, incertezas e medos da menina ao se deparar com este crime terrível. Não há como se preparar para o que acontece durante a descoberta de Rafaela.
Creio que este não seja um livro indicado para crianças, que ainda estão em processo de aprendizado de leitura. É claro, que o que a autora deseja, e faz de maneira primordial, é mostrar este momento de confronto da criança diante da morte para o público infantil, mas não acho que seria uma obra bem aceita por aqueles que não tem maturidade pra compreender um texto tão literário quanto este de Bojunga. Eu recomendo esta obra para adolescentes, aqueles que já tem uma caminhada de leitura, que poderão compreender melhor a poeticidade e o valor literário presentes nesta obra de Lygia Bojunga.
Já leu a obra e tem uma opinião diferente da minha? Comente! Vamos conversar um pouco
Beijos e até breve...


2 Comentários

  1. Achei a sua resenha sensacional, e apesar de desconhecer o livro acredito que você foi bem certa na momento que cita que crianças podem ter dificuldade com esse tipo de tema ainda mais por estarem iniciando seu caminho na leitura, enfim, parabéns pela resenha!
    Estou seguindo e adorando o blog.
    Beijos.
    Tenho um blog no qual falo sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com/ :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...